Novidade Na CBHB

05/06/2009

A Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) anunciou o espanhol Javier Garcia Cuesta e o dinamarquês Morten Soubak como os novos técnicos das Seleções Brasileiras Masculina e Feminina, respectivamente. Na entrevista coletiva, realizada na manhã de hoje (10), ainda estiveram o presidente da CBHb, Manoel Luiz Oliveira, o gerente da Comunicação Institucional Regional São Paulo da Petrobras, José Barbosa, a gerente de Política do Esporte do Estado de Santa Catarina, Rosângela Castro, e o representante do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Paulinho Villas Boas.

Segundo Manoel Luiz, começa, agora, uma nova era do handebol brasileiro. “Esse é o ciclo mais importante da nossa modalidade. A meta é transformar o handebol em um dos principais esportes olímpicos do Brasil. Sabemos que é uma meta ambiciosa, mas vamos trabalhar com todo empenho para alcançar nosso objetivo”, garantiu o presidente da Confederação Brasileira.

Esse novo momento terá um marco: a realização do Campeonato Mundial Adulto Feminino, em 2011, no Brasil — será a primeira vez que a América sediará um evento deste nível. “Daremos o passo mais importante para o Brasil e para a América. Viemos nos preparando em etapas. Primeiro realizamos dois mundiais juniores, um masculino e outro feminino, depois dois mundiais de beach handebol, diversos eventos pan-americanos, enfim, nos preparamos nesses últimos anos, já pensando em realizar esse Mundial no Brasil”, disse Manoel.

Morten Soubak estará a frente da Seleção que jogará em casa. “São vários os desafios ao treinar a Seleção Brasileira Feminina. O primeiro deles é assumir o comando e implementar um novo sistema de trabalho. Depois, conhecer bem as jogadoras, ganhar a confiança delas, obter a classificação para o Mundial da China e assim sucessivamente. Mas, se tiver que falar apenas um, cito o Mundial de 2011 no Brasil como um grande desafio”, destacou o dinamarquês, que está há quatro anos no Brasil, onde era, até a última temporada, técnico do time masculino do E.C. Pinheiros.

Javier Garcia Cuesta assume, além do comando do grupo masculino, a função de Coordenador das Seleções Brasileiras. Após quatro anos como diretor técnico da Federação Espanhola, Javier chega ao Brasil cheio de planos. “Quero melhorar os resultados anteriores em Campeonatos Mundiais e nas Olimpíadas de Londres, em 2012. Porém, para conseguir alcançar esses nossos objetivos primordiais, temos que conquistar o título Pan-Americano em 2011. Além disso, espero montar uma boa estrutura técnica na CBHb e passar toda a minha experiência tanto dentro, quanto fora das quadras”.

JAVIER GARCIA CUESTA: Natural de Mieres, na Espanha, tem 62 anos, e uma vasta experiência como jogador, treinador e diretor técnico. Além da Espanha, já foi comandante das Seleções de Portugal, Egito, Estados Unidos e do clube Teka Santander, da primeira divisão espanhola. Disputou quatro Olimpíadas, sendo uma como jogador, em 1972, em Munique, e três como treinador e diretor técnico. Em 1984, nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, comandou os Estados Unidos; em 1992, nas Olimpíadas de Barcelona, dirigiu  a Seleção da Espanha, onde ficou em quinto lugar, e em 1996, nos Jogos de Atlanta foi o técnico do Egito. No último ciclo olímpico, Cuesta trabalhou como diretor técnico da Federação Espanhola de Handebol.

MORTEN SOUBAK: Natural de Fodby, tem 45 anos e já está bem habituado ao Brasil, onde mora há quatro anos. No período que esteve à frente do E.C. Pinheiros, conquistou o título da Liga Nacional, da Copa do Brasil, do Campeonato Paulista e dos Jogos Abertos do Interior. Tem experiência desde as categorias de base até adultas, masculinas e femininas. Morten iniciou a carreira no comando de equipes cadetes e juvenis. Depois, de 2000 a 2001, dirigiu o time feminino GOG / GUDME, da Dinamarca. Entre 2002 e 2003, foi técnico da Seleção Juvenil Masculina daquele país. E, em 2004, comandou a equipe feminina dinamarquesa FCK Kobenhavn, onde treinou a goleira brasileira Chana.

Anúncios

Diretoria Da CHHB-Confederação Brasileira De Handebol

04/06/2009

DIRETORIA EXECUTIVA

PRESIDENTE    Manoel Luiz Oliveira (SE)

1º VICE-PRESIDENTE   Guilherme Ângelo Raso (DF)

2º VICE-PRESIDENTE   Adenilson Maia Correia Lima (PB)

CONSELHO FISCAL

EFETIVOS:

José Ribamar Dias Raposo  (DF)

Francisco de Assis Farias (AL)

Carlos Roberto Rodrigues Santos (SE)

SUPLENTES:

Gilson Dórea Leite Filho (SE)

Maria Auxiliadora Almeida Pires Santos (SE)

Paulo José Sales de Carvalho (PB)

VICE-PRESIDENTES

REGIÕES:

NORTE    Miguel Rufino Gomes Sampaio (PA)

NORDESTE   Izaque Alves Alencar (PB)

CENTRO-OESTE  Marcelo de Sousa e Silva (GO)

SUL    Iradil Antonello (RS)

DIRETORES

DEPARTAMENTOS:

ADMINISTRATIVO  Márcia Cardoso Chagas Oliveira (SE)

TÉCNICO   Digenal Andrade Cerqueira (SE)

ÁRBITROS   Sálvio Pereira Sedrez (SC)

FINANCEIRO   Gerlana Carla Ramos Silva (SE)

MARKETING   Guilherme Ângelo Raso (DF)

JURÍDICO   DR. Gustavo Henrique Fonseca (SE)

BEACH HANDBALL  Stanley Ramos Mackenzie (RJ)

SELEÇÕES…………………………………………………….              Vitor Domingos Martinez (PR)

ASSESSORES

CURSOS   Arline Pinto Ribeiro (SE)

SECRETÁRIA BILINGUE  Camille Vasconcelos de Lucena (SE)

SECRETÁRIA   Ivone da Conceição Góes (SE)

DEPTO. TÉCNICO  Fábio de Melo Santos (SE)

IMPRENSA   Givaldo Batista dos Santos (SE)

MARKETING…………………………………………………….             M R Sports (SP)

IMPRENSA………………………………………………………             Photo & Grafia (SP)

DESENVOLVIMENTO  Pablo Juan Grecco (MG)

Décio Roberto Calegari (PR)
Luiz Celso Giacomini (RS)

COORDENADOR DE SELEÇÕES………………………             Javier Garcia Cuesta

COORDENADOR DE MINI HANDEBOL………………             Roberto Negrão Roberti

Presidência

Presidente: Prof. Manoel Luiz Oliveira (SE)
1º Vice Presidente: Guilherme Ângelo Raso  (DF)
2º Vice Presidente: Adenilson Maia Correia Lima (PB)

Conselho Fiscal

Membros Efetivos:
Prof. José Ribamar Dias Raposo (DF)
Prof. Francisco de Assis Farias (AL)
Prof. Carlos roberto Rodrigues Santos (SE)

Membros Suplentes:
Prof. Gilson Dórea Leite Filho (SE)
Frofª Maria Auxiliadora Almeida Pires Santos (SE)
Prof. Paulo José Sales de Carvalho (PB)

Vice- Presidentes das regiões

Norte: Prof. Miguel Rufino Gomes Sampaio (PA)
Nordeste: Prof. Izaque Alves Alencar (PB)
Centro: Prof. Silvio Borges (MT)
Sul: Newton Trindade Júnior (PR)

Diretoria

Administrativa: Márcia Cardoso Chagas Oliveira
Superintendente Financeira: Gerlana Carla Ramos Silva
Árbitros: Prof. Sávio Pereira Sedrez (SP)
Superintendente Técnico: Prof. Digenal Andrade Cerqueira (SE)
Seleções: Prof. Vitor Domingos Martinez (PR)
Beach Handball: Prof. Stanley Ramos Mackenzie (RJ)
Marketing: Guilherme Ângelo Raso (DF)
Médica: Dr. Antonio Carlos da Silva (SP)


História Da CBHB-Confederação Brasileira De Handebol

04/06/2009

A Confederação Brasileira de Handebol – CBHb foi fundada em 1º de junho de 1979. Até aquela data o Handebol Brasileiro fazia parte da Confederação Brasileira de Desportos – CBD. A desvinculação da CBD foi feita para atender uma determinação do MEC.

Fundadores

Naquela época já existiam algumas Federações Estaduais que faziam parte da transição e portanto são consideradas fundadoras da CBHb e são as seguintes: Federação Paulista de Handebol; Federação de Handebol do Estado do Rio de Janeiro; Federação Maranhense de Handebol; Federação Pernambucana de Handebol; Federação Cearense de Handebol; Federação Gaúcha de Handebol e Federação Paraense de Desportos. São também fundadoras as federações que compareceram na Assembléia de Eleição no dia 22 de agosto de 1979 no Rio de Janeiro: Federação Paranaense de Handebol; Federação Mineira de Handebol; Federação Amazonense de Handebol, Federação Sergipana de Handebol e Federação Paraibana de Handebol.

A Sigla

Como curiosidade explicamos o porque da nossa sigla ter o bê minúsculo após o agá – CBHb. Isto ocorreu em função da Confederação Brasileira de Hipismo ser mais antiga e, portanto, a sigla CBH já era registrada no MEC.

Os presidentes

O primeiro Presidente da CBHb foi o Prof. Jamil André de São Paulo, o mesmo era Professor de Handebol da USP, técnico de clubes e inclusive da Seleção Brasileira. Após a eleição a CBHb teve como primeira sede a cidade de São Paulo na Rua Alameda dos Arapanes n.º 105. O segundo Presidente foi o Prof. José Maria Teixeira, alagoano que residia no Rio de Janeiro e que além de Professor da modalidade era o Coordenador de Handebol nos Jogos Escolares Brasileiros. Ao se transferir para trabalhar na Universidade Federal de Alagoas, Professor Teixeira trouxe com ele a sede da CBHb para Maceió/AL. O terceiro e atual Presidente da Confederação é o Prof. Manoel Luiz Oliveira que também era técnico de escolas e clubes, com participação em seleções Brasileiras como Assistente Técnico no I Campeonato Pan-americano Adulto Masculino realizado na cidade do México e, como Supervisor no campeonato Pan-americano realizado em Manaus/AM. Pelo fato da CBHb não possuir recursos financeiros, a pedido do Prof. Manoel Luiz a Assembléia Geral transferiu para Aracaju, sua sede onde permanece até hoje.

Fonte: http://cbhb.mundozero.com.br/interna.php?tipo=Noticias&acao=historia&filtro=Index